Para aqueles que escrevem

Para contar uma grande história
Não é preciso muito adjetivo
Basta ter uma personagem
E uma história no limbo

Tem que ter uma mensagem
Algo para aos leitores dizer
Essa mensagem é a marca
Carregada em cada palavra

É preciso mostrar
Não apenas contar
Para que o público ao ler
Possa logo compreender

Uma personagem admirável
Com uma personalidade incrível
Às vezes vale mais pelo que tenta
Do que, propriamente, pelo que arremata

Nessa grande história
Construída pelas ações indeléveis
Quem manda mesmo é o público
E não a vontade de quem a escreve

E reescrever é preciso
Repensar, realocar ideias
Pois a prática cria o hábito
E mostra os caminhos, volta e meia

E para terminar a história
Deixa tudo ali fluir
Ainda que não esteja perfeito
É preciso os caminhos concluir

Qual a essência da sua história?
Qual o melhor modo de contá-la?
Se você já souber a resposta
Vá, então, e comece a mostrá-la

Leonardo Távora