Coisas Da Vida: "Mudança"

Mundo que muda
Mudemos nós também
Rio abaixo
Caminho inevitável
É revolta inútil
Ir contra a correnteza

O corpo muda, sentimentos mudam
Ideias transformam-se
Conhece-te, primeiro
Busca-te no mundo, depois
Pois somos todos iguais
Exceto no que nos difere

Já não é mais criança
Quem quer trilhar caminho próprio
Ainda não é maduro
Aquele que ignora a responsabilidade
Mudemos ou fiquemos presos
Entre o passado e o futuro

O mundo nos muda, é verdade
Mas também mudamos o mundo
Há que se ver, se ouvir, aprender
Este caminho é uma folha em branco
E para nela escrever
Há que se ter com o quê

Celso Garcia