Quem tem o direito?

Tinha-me dito: "Não faça muitas perguntas".
Sabe, amigo, é a vida que nos responde.
Que te serve querer saber de tudo?
O bom de não saber é sempre poder aprender!

Já me disseram: "É preciso ouvir seus pais",
E eles também estavam só aprendendo.
Não sabiam as regras todas do viver.
Acho que aprendemos juntos a caminhar!


E já falaram: "É muito pequeno para compreender".
E cresci para, então, entender melhor
A vida ensina àqueles que desejam saber
Se abre para quem procura um lugar a tomar!

Quem tem o direito?
De fazer a uma criança crer
Que não pode buscar
Seu caminho no mundo?

“Passe a sua vida a dizer obrigado”.
Obrigado a quem? Para o quê?
Perguntas sem respostas.
Palavras vazias quando sem sentimento!

A você já disseram bonitas histórias,
Que você sabiamente não comprou.
Agora se reencontre nessa estrada,
Trilhe o seu caminho!

Com os nossos medos,
E os nossos anseios.
As nossas angústias,
E as nossas dúvidas...

Com os nossos sonhos.
Aqueles... Infindáveis sonhos!

Leonardo Távora