Olhe mais pra si

Então, um poeta. Um pequeno poeta. Como é próprio talvez dos maiores. São pequenos para que sejam imortais. Eu era um desses que todos os dias perambulam pelas ruas, pelas praças, nas esquinas. Sonhador? Sim, claro! É próprio dos poetas sonharem, por que, então, comigo seria diferente? Sabe, eu nem me imaginava desse modo. É tão próximo dos devaneios de criança, e tão longe dos sonhos de adulto. 
Por ser assim, vivo algo como na música. “Eu vejo gente, eu animais, e se eu dou sorte, eu encontro humanos. Eu abraçaria cada um deles. Ouviria seus planos”. É verdade. Vivo de observações. E talvez você não saiba, mas amo descobrir os detalhes que estão às claras e quase ninguém percebe.
E você? O que faz? Não, não... A pergunta não foi sobre qual sua atividade profissional no momento. Quero saber que força te move e te faz levantar-se e correr atrás dos seus sonhos, mesmo aqueles que você só não consegue negar pra si. Difícil responder, né? Como muitas coisas na vida o são, pode ter certeza! 
Sabe, se você respondeu que não sabe à minha pergunta, eu te entendo. Conhecer nossos mais profundos desejos é missão de alto risco. Pode ser que saiamos bem arranhados nessa viagem interior. Mas, e isso eu te digo com certeza, não existe benção maior na vida que descobrirmos o que dela queremos, por que caminhos desejamos ir, e com quais instrumentos iremos lutar pela nossa sobrevivência. 
A grande viagem começa quando aceitamos que precisamos nos descobrir. Ou a vida está uma porcaria, ou simplesmente vagamos sem rumo dia após dia. Mas tem muita gente que prefere reprimir essa necessidade de se encontrar. Ficam, com o tempo, amargurados, sisudos, fechados em uma gaiola emocional que eles mesmos criaram. O mundo os convida a viver, mas eles não conseguem dar o primeiro passo. 
Será que você é assim? Eu já fui. Sim, falo aqui quase de cátedra. Aceite que precisa se encontrar. E busque-se. Se já achou o que queria, coloque em prática. Mesmo que seja para ser um pequeno grande poeta, ou um já grande líder de multidões. Cada um tem um papel importante para o mundo. E a humanidade anseia pelo seu brilhantismo no que te faz feliz. 
Talvez se os homens entendessem que podem sim ser quem sonham ou sonharam quando pequenos, o mundo se transformaria em um celeiro de desenvolvimento, de vida longeva e sem males. Nenhum de nós foi criado para ser triste e fracassado. Não somos a imagem d’ele? Acho que Ele não é fracassado, ranzinza ou fechado. Você também não precisa. 
Não se esconda atrás de alguns vinténs a mais, nem na sombra de outro alguém, ou mesmo nos porões secretos de alguma religião. Vá para a linha de frente. Enfrente! A vida só é bela e fascinante quando aceitamos os desafios que ela nos impõe. 
Seja mais você! Faça mais por você! 
Sorria e levante a cabeça. 
Vamos à luta.