Versões: "O amor é uma coisa simples"

Mais uma vez quero mostrar a vocês uma versão que fiz de uma música italiana, idioma das grandes canções de amor, e que aprecio muitíssimo. Dessa vez, trago uma do mais recente trabalho de Tiziano Ferro, cantor e compositor da música popular italiana, que perpassa pelo pop com severas raízes no rock. É uma mistura que resulta em músicas muito interessantes, seja pelas melodias, seja pela poesia contida nas letras. Procurem e ouçam. Esta é, sem dúvidas, uma declaração das mais intensas.

O amor é uma coisa simples 
(L’amore è una cosa semplice) 

Original em italiano: Tiziano Ferro 
Versão em português: Leonardo Távora 

Nossos segredos 
Todo mundo tem sempre um lá dentro 
Cada um o tem escolhido ou apagado 
Todo mundo querendo e sofrendo 

As nossas dúvidas 
Nunca serão tão, tão, tão inúteis 
Ouvir o eco 
Consultar-se em segredo 
É sim

Ainda que o verão 
Pareça distante 
Ou que tudo é mais triste 
Peço que me ouça 
Quero acabar com seus dias cinzas 

Ao pegar esta chance com minhas mãos 
Eu vou ser o que você já não esperava 
Te levar à vida através do vento 
Nestes destinos que ninguém jamais sonhou, pois 
O amor é uma coisa simples 
E agora, agora, agora 
Eu vou te demonstrar 

Olhe, sou eu 
E eu sou tudo aquilo que eu decido 
E quero ser o seu sorriso em todos os casos 
Quando falarmos, ou apenas quando nos olharmos 

Conheça a minha gente 
É minha estrada 
E as marcas do meu rosto 
As pontes que levam à minha história 

Revendo memórias 
E pra ser honesto 
Eu sou feito delas 
Mas eu não sou como 
Aquele que te enganava sorrindo 

Ao pegar esta chance com minhas mãos 
Eu vou ser o que você já não esperava 
Te levar à vida através do vento 
Nestes destinos que ninguém jamais sonhou, pois 
O amor é uma coisa simples 
E agora, agora, agora 
Eu vou te demonstrar 

Meu amor, 
Pegue minha mão bem forte e fica, 
Creia quando digo, quero te fazer feliz agora 

Lembre-se, 
Você é bem melhor do que qualquer dia triste 
De amarguras, e das lágrimas, e da tristeza de suas guerras internas

Você é meu céu 
Sim... É o meu céu (céu, céu) 

Ao pegar esta chance com minhas mãos 
Eu vou ser o que você já não esperava 
Te levar à vida através do vento 
Nestes destinos que ninguém jamais sonhou, pois 
O amor é uma coisa simples 
E agora, agora, agora 
Eu vou te demonstrar 

Agora, agora, agora 
Eu vou te demonstrar 

Ah... Eu vou te demonstrar