O que todo mundo deveria saber...

A vida é uma sucessão de lutas.
E nos pede incessantemente que sejamos guerreiros.
Não aqueles de espadas empunhadas,
Mas dos que sabem sobrepor-se às adversidades.

Somos feito de uma história de encontros.
E a casualidade é a mãe dos grandes amores.
Quando pensamos que já vimos de tudo na vida,
O acaso vem e junta (ou a vida escolhe),
Do nada,
Duas vidas que se completam.
E o que era concreto duro
Se transforma em poesia leve,
Sutil...
Verossímil...
Acalentadora...
Transformando vidas,
E construindo relações.

Muitas vezes a gente deixa de ser feliz
Por simplesmente não dominar o medo.
A gente sente...
A gente aprende...
A gente se arrepende...
Não mais que de repente,
A gente entende que a vida só quis nos ajudar.
Que o acaso armou pra nos ver felizes.
E que muitas vezes a gente cria dificuldades,
Mesmo aquelas que não queríamos criar,
Porque somos humanos,
E não sabemos sempre acertar.

Pra ser feliz não precisa muita coisa.
Pra amar é só abrir o coração.
Não é regra,
Mas não tem segredo também.

Na contramão do mundo da superficialidade,
No contrapé das pessoas voláteis,
Eu sigo,
Apenas amando,
E assim,
Aprendendo um pouquinho mais sobre
A doce e complexa arte do amor.

Leonardo Távora