Simplesmente Amor

Simplesmente amor
É o que eu tenho a oferecer
É o que dia após dia não pára de crescer
É o que mais estranho, aos teus olhos, possa parecer
Não sei nem se tu vais querer

Irremediável amor
É o que não para de gritar meu coração
É tudo o que move essa minha recôndita emoção
É só o que desafia minha irrepreensível razão
Por ti não canso de recitar os versos de uma canção

Absurdo amor
É isso que não digo, pois eu só sei sentir
É por isso que eu não consigo desistir
É o que não me deixa no nosso eterno despedir
Talvez um dia tu possas melhor me ouvir

Espero o dia em que você virá me contar
Do amor que teu coração também quer falar
Esse amor que em mim não quer calar
Por enquanto só o que me resta é talvez esperar
E sonhar com os olhos de mel que vem em meus sonhos brilhar

Sei que podes não acreditar que é eterno
Afinal, sentimentos são sempre efêmeros
Não espero disso tudo um retorno
Só precisava que soubesses que é amor
Eterno, simples e puro amor

Leonardo Távora