O sonho de Igor

Quando um jovem sonha muitas vezes pode ser apenas um longínquo sonho mesmo. Pelo menos é o que a maioria das pessoas com mais idade adora pensar. Jovens são, por natureza, eternos sonhadores. São fontes de um sonho bom, num tempo feito mesmo para isso, porque sonhar não é algo que se possa impedir ou reprimir. Eles simplesmente nos vêm à mente, e, em qualquer momento de nossas vidas, é possível sonhar. Todos podemos inclusive fazer destes sonhos coisas reais, concretas. É perfeitamente possível trazer para a vida algo que só povoa nossa mente. Só depende de nós, jovens ou não.
Igor tinha um sonho. Ele queria muito ser um cientista, conhecer os astros, entender o mundo exterior ao seu próprio mundo. Esse era um sonho gravado nele, pois Igor já não era mais uma criança, e, ainda assim, tinha isso na mente. Mas, se realizar um sonho simples já é tão difícil, imagine algo tão grandioso e oneroso como o sonho de Igor. Realmente, aquele parecia ser um sonho que não se reproduziria no mundo real. Ainda mais quando se olhava a vida real de Igor, na periferia de uma grande cidade. Ainda que não vivesse em uma favela, ele não tinha condições de bancar um sonho como este.
É muito fácil sonhar quando se tem recursos para dar asas a isso, mas este não era o caso de Igor. Ele estudava em uma escola pública, que, ainda que não fosse mal estruturada, não tinha os meios, não apenas financeiros, mas de várias outras fontes, que são capazes de despertar no aluno um gosto pelo conhecimento. Nesses lugares, com professores dedicados, mas sem muita estrutura, gosto pelo conhecimento é um dom, uma virtude, e não algo que surge de uma motivação advinda de fora para dentro das pessoas. Ali não reinava a influência. E, no mundo, poucos são os homens que tem este fascínio pelo conhecimento como um dom.
E Igor tinha essa fascinação, tida por muitos como uma loucura. As pessoas não costumam achar normal alguém que gosta das estrelas. Igor as adorava. Era lá que moravam os seus sonhos. Na verdade, talvez fosse lá que ele mesmo gostaria de um dia morar. As estrelas lhe remetiam a sentimentos bons, diferentes dos de sua realidade dura, como a de muitos brasileiros, é verdade. Quando estava em seu quarto, olhando pela janela, fitando suas amigas longínquas, as tristezas e limitações que ele sofria na pele ficavam menores, quase desaparecendo. Pelo menos por um momento, a vida valia a pena.
E Igor resolveu não desistir de seu sonho. Por mais duro que parecesse o caminho, ele resolveu continuar. Se ele sofreu? Nossa, e como foram grandes as pedras que havia em seu caminho. Mas Igor tinha aliados íntimos. Era habilidoso, paciente, persistente, e tinha vigor, próprio da juventude. Isso pode não parecer muito para quem foi construindo sua vida diariamente, sem nenhuma ambição de um dia chegar a algum lugar. Talvez achem que são bobagens. Talvez desdenhem dos trunfos de Igor. Talvez nunca consigam nunca entender o que é lutar por um sonho.
Igor acreditou na luz das estrelas. Ele quis um dia poder chegar até elas. De um modo próprio, Igor não queria nada além de ser autor de sua própria trajetória. Ele preferiu isso a viver ao sabor dos acontecimentos. Ele resolveu agir, e provocar as ações do seu futuro. Existem dois modos de se viver: Ou se transforma sua realidade, ou se senta no banco de alguma praça e se assiste esta vida passar, passivamente, sem nada fazer. Nada contra quem prefere a segunda opção, mas este nunca foi o caminho de Igor. Ele queria mais...
E por querer ser mais, Igor lutou. Se dedicou aos estudos, pois acreditava que conseguiria ser alguém assim. E sendo esse alguém, fatalmente ele iria levar o seu destino ao encontro de suas amadas estrelas. E este jovem se aplicou. Procurou levar a sério o que muitos na idade dele julgavam ser um efêmero passatempo. Deste modo Igor começou a se destacar. Primeiro na faculdade, onde conseguiu menções honrosas, e encantava seus professores sobremaneira. Logo veio o primeiro estágio, no instituto de pesquisas espaciais, fruto de uma amizade sem igual com um professor que tinha conhecidos por lá. Sim, na vida é necessário ter como aliados o esforço e a sorte de encontrar pessoas bacanas pelo caminho. E Igor teve bons.
Depois de algum tempo, Igor, já não mais jovem, conseguira realizar seus sonhos. Era um dos mais renomados pesquisadores espaciais do Brasil. Uma referência. Seus artigos eram lidos no meio acadêmico, traduzidos para algumas línguas já. É, caro leitor, Igor conseguiu. Ele chegou lá. Foi duro o caminho, mas ele tinha um sonho, que se tornou uma meta, e com sua dedicação, Igor conseguiu! Vai estar entre as estrelas. Foi escolhido para participar de uma missão tripulada da NASA, como pesquisador. Finalmente seus sonhos viraram realidade.
Dentro daquela nave, tudo isso que relatei passou por sua mente. O jovem sonhador estava prestes a tornar realidade o que apenas imaginava. Quando aquela nave estivesse já no espaço, Igor se tornaria pleno. Senhor de sua história. Transformador de sua realidade... Esse era o garoto que amou as estrelas, e que quis um dia com elas estar. E o motor da nave funcionou. Igor foi lançado, ao espaço, ao terreno poético dos seus sonhos. Lugar de tantos momentos felizes.
Quando um sonho vira nosso próprio modo de viver, nós somos capazes de dizer que alcançamos a felicidade. Muitas vezes desistimos dos nossos sonhos porque somos jovens, e não é costume da sociedade acreditar em jovens. A verdade é que no inicio da vida ainda não temos a noção da força que existe dentro de nós, e muitas vezes subestimamos nossa própria capacidade de transformar nosso futuro. Quantos cantores, atores, escritores, engenheiros, arquitetos, médicos, advogados, políticos se perderam pela vida, escondidos que foram atrás de uma vida estabilizada, mas longe dos seus sonhos, do que realmente seria capaz de torná-los feliz?
Você tem um sonho? Então lute por ele! Transforme sua vida em algo que você queira para si. Use a força de sua juventude, que está aí, dentro de você, esperando para ser despertada. Assim, eu garanto que você também será feliz.

Feliz dia da juventude a todos, sejam jovens reais ou de espírito, pois todo mundo que tem o sentimento jovem dentro de si é capaz de fazer reais todos os seus sonhos.