Entre o medo e a esperança

Aqui ou ali, o importante é dividir.
Dividir não. Partilhar. 
Compartilhar.
Diante de tanto terror, agora partilhamos o medo.
Mas o melhor mesmo é compartilhar o amor.
Com lama nos pés, partilhamos a tristeza.
Mas o melhor é compartilhar a solidariedade.
Na dor, no medo e na tristeza,
Que o melhor sentimento prevaleça.
Num mundo de incerteza,
Difícil ver a beleza.
Em meio ao tumulto,
Sem forças para seguir,
Talvez o melhor seja desistir.
Mas olhe para o lado.
Quanta gente se ajudando.
Quanta gente sensível e solidária.
Na dificuldade brota uma energia,
Nasce uma esperança,
Uma força que contagia.
Permita-se contagiar.
Permita-se amar.
Só assim para mudar
O que parece ser impossível.
Só assim para transformar
Esse mundo em um lugar 
Melhor para morar.

Marina Messias