Nos pés

A Ameaça não usa um salto agulha, 
e sim, sapatilhas retas ao chão.
Ela se exibe com sua dança. 
Distante dos meus olhos, 
mas eu posso sentir as batidas que estremecem meu coração.Talvez, pobre garota, nem sabe o que está fazendo,
acontecendo, 
o que tudo isso está se resultando dentro de mim.
A Ameaça sapatilha lentamente, 
bem ao lado dele, 
e ele por sua vez, 
não parece se importar.
Aplaudo. 
Em pé. 
Para não ficar por baixo, para não me importar. 
E para mostrar que ficarei assim, 
em pé, 
não importa o que aconteça.

Andresa Alvez