Um leão por dia

Se eu parar agora
Nunca chegarei a meu lugar,
Posição, ou destino,
Haverá um outro alguém
Onde eu deveria estar
Fazendo o que eu queria
Ou devia fazer
Por isso, sigo adiante

Se eu desistir agora
Vencem eles
Os que criam barreiras,
Os que dizem não
Atrapalham, invejam,
Temem, odeiam
Ou simplesmente nem sabem
Que eu estou aqui

Se eu voltar pra trás
Depois do tanto que andei
Nunca irei saber
Onde esta estrada vai dar
Jamais poderei dizer
Vim, vi e venci
Conviverei com estes fantasmas
O nunca e o jamais

Se esta luz se apagar
O que resta de mim é sombra
Se minha voz se calar
O arrependimento gritará pra sempre
Dentro de mim
Seu eu desistir agora
O mundo jamais vai saber
Do que eu sou capaz

Celso Garcia