Façam as suas apostas

E tudo começou a fazer sentido. Finalmente alguém me entendia.
Não era mais impossível, poderia ser real. Eu poderia fazer aquilo se tornar real.
Essa é minha última aposta. Coloco aqui todas as minhas fichas, deposito até as falsas esperanças. Coloco de novo na mesa meu coração, aposto alto. Parece que me esqueci que isso ainda é arriscado...
Me perdoem, mas dessa vez, é impossível não criar expectativas.
Esperarei aqui, e se algo explosivo acontecer antes desses meses, eu prometo que me esqueço do esperar e me locomovo até onde estás.
O jogo começou, tenho cada uma das minhas míseras fichas em mãos, tenho meus blefes. Use o baralho que quiser, mas não jogue sujo. Seja claro, fiel, honesto e acima de tudo, verdadeiro. Não minta, não me esconda nada.
Façam suas apostas. Eu faço as minhas.
E desde já, rezo pela minha alma, pelo meu corpo e pelo meu coração. Para que dessa vez, eu saia com um prêmio. Ou, que eu seja o prêmio. Tanto faz, dessa vez, eu quero te ganhar. Eu preciso te ganhar.

Andresa Alvez