Teu cheiro

Nem cítrico, nem amadeirado
Teu cheiro não é desses
Que se compram por aí
E qualquer pessoa pode ter

É aquele cheiro bom
De terra molhada de chuva
É cheiro de pão
Saindo do forno
Cheiro de cafezinho
Pra um dedo de prosa
De bolo quentinho
Na casa da vó
Cheiro de flor no buquê
Que a moça recebe do amado
Cheiro de cinco minutinhos a mais de sono
Numa segunda-feira de manhã
Teu cheiro é esse mistério

Tem perfume de beijo
Que quando tento definir
Só me faz lembrar de tudo aquilo
Que me traz felicidade

Celso Garcia