Raízes e frutos

Havia uma semente
Plantada em solo fértil
Tinha futuro, talvez brilhante
Talvez? Veio a insegurança
E despejou um caminhão de terra
Triste sepultamento

Não! Estava viva, a semente
E brotou
E lançou raízes
E subiu, mais e mais
Irrompendo terra adentro
À força, fez seu rumo

Então, veio o desafio
E depositou ali seus entulhos
Sufocada, a semente tremeu
Pelo árduo caminho quis voltar
Mas, tinha raízes fortes

Subiu mais e mais
Até que viu a luz do sol
Criou folhas, cresceu
Já não era semente, era árvore
E deu frutos
E deles, outras sementes surgiram
E o ciclo recomeçou

Celso Garcia