Coisas Da Vida: "O Confronto"


Você sabe como é
Sentir-se tolo, meu senhor?
Pensar ter encontrado o amor
Sonhar de ser feliz
Pra descobrir que tudo
Foi apenas nada, ilusão?

Sabe, dona,
O que é ver-se sem ninguém?
Abandonado
Em meio a tanta gente
Sem rumo nesse mundo
Numa estrada tão imensa?

Sabia, camarada,
Que certo dia
Saí de meu ninho e
Vi a face dura do mundo?
Seus olhos de pedra me disseram:
“Decifra-me ou te devoro”

Você sabe? Ah, sabe!
Se passou pelo que passei,
Caro leitor, você já sabe
Agora, com licença, não posso parar
A vida me chama lá fora
É preciso enfrenta-la outra vez

Celso Garcia