Apaixonado Olhar

Que se pode fazer
Quando razão e emoção
Falam línguas tão diferentes?
Ah! E o que dizer
Quando aqui no peito bate
Um coração fatigado?


É de tanto querer
Que às vezes nos esquecemos de viver
E até de perceber que a felicidade 
É apenas questão de sentir
Talvez apenas de melhor olhar
Ser feliz é o mesmo que se permitir

Já tentei de tudo para deixar isso de lado
Por mais que eu tente, meu amor
Você sabe que a sua presença
Transforma o meu ser
Transforma o meu ver
Me faz sentir tudo aquilo que dizias
Rir de suas pequenas piadinhas
E acalentar os seus sonhos alados

Entenda que todas as minhas letras te refletem
Ainda que já saiba, olhe de novo, leia...
Quem sabe com isso você perceba
Cada vez de um modo mais forte e claro
O tamanho e a perenidade do que sinto
A grandeza e o alcance do que falo

Fique mais um pouco?
Tente mais essa vez.
Não?
Já não posso mais argumentar!

É... A vida segue
Os rios por onde corremos
Não se cansam de fluir, continuamente
Escolhemos a cada novo dia, novo instante
Não há como não o fazermos
Não há como não sentirmos
Enfim, por mais que amemos e que queiramos
É impossível, ainda assim, deixarmos de viver

O passado se vai...
O futuro vem chegando!
E nesse moto contínuo em que estamos
Já não dá mais para parar
Nem pensar no que não dá
Tomara que não seja tarde demais
O dia em que voltarás a se encantar
Por algum brilho que ainda exista para ti
Nesse meu apaixonado olhar

Leonardo Távora