Para eu gostar de você

Para eu gostar de você não é necessário um monte de coisas, numa imensa lista de detalhes fúteis, que servem para tentar achar no diferente algo igual ao que pensamos ser o nosso ideal. Você não precisa entender o funcionamento dos pequenos organismos da natureza, de átomos, com seus prótons e elétrons, da dinâmica dos corpos celestes, ou como buracos negros interagem no espaço sideral. Eu não preciso que você saiba inúmeras línguas, nem que tenha lido os mais clássicos autores da nossa literatura...
Para gostar de você não é necessária a beleza de Afrodite, embora eu reconheça que a beleza enche os olhos e anima a alma. Ainda assim, nada disso é necessário, pois a beleza o tempo leva consigo. Eu não preciso que você me sirva, pois daí não surge nenhum tipo de gostar, mas puramente uma relação de senhor e servo, e isso não faz bem nem ao senhor, tampouco a quem o serve, porque essa relação acaba suscitando um sentimento ruim, muito diferente do gostar. Não é bom também que você ache que pode mandar em mim, pois isso nos levaria a grandes problemas...
Para eu gostar de você, eu não preciso olhar e enxergar a perfeição, mesmo porque perfeição é algo que não pertence aos humanos, pois tudo o que fazemos é imperfeito, e somos nós os seres mais perfeitamente imperfeitos. A mim basta olhar com o coração, que sempre me diz, sabiamente, o que você é, ainda que você insista em se esconder do mundo atrás de uma grande máscara de fantasia. O mais legal de vier é poder sentir o incrível sabor das aventuras nossas de cada dia, e só se sente essa aventura quando as coisas são, ainda que ligeiramente, im-per-fei-tas!
Eu preciso apenas que você seja quem é. Nem mais, nem menos. As pessoas procuram se mascarar, e esconder seus verdadeiros sentimentos, seja por medo da incompreensão, seja porque estes sentimentos não são legais. E de tanto nos escondermos, acabamos gerando um mundo falso à nossa volta, recheado de coisas inúteis e sem propósito algum. E o que acaba tomando conta de nossas vidas é um grande vazio, difícil de ser preenchido por algo que realmente valha à pena. Ao invés de nos aproximarmos daqueles a quem amamos, acabamos nos afastando, nos fechando em uma caixa-forte para nos protegermos do invisível mal.
O que você gosta de fazer? Quais são seus sonhos? O que lhe faz feliz? Vá em frente. Siga o que diz o seu coração. Assim você vive a verdade, e passa a verdade aos que vivem junto a você. É assim que eu posso gostar de você. É assim que você pode me conquistar. Somente quando somos a própria verdade é que conseguimos ser felizes e fazer felizes àqueles a quem amamos. Quando um ano começa existe sempre uma grande oportunidade para tirarmos as máscaras, e vivermos o que somos.
Para eu gostar de você, seja apenas quem você é.
Isso basta.
É o suficiente.
É o que eu preciso para gostar de você!