Vazio

Quando é que você vai aprender? 
Maltratar os outros não vai preencher o vazio dentro de você.
Quer mostrar que sabe mais? Conheça mais.
Não quer perder o lugar? Não se levante.
Quer ter ajuda? Ajude.
Não quer cair? Não empurre.
Quer amigos? Cultive.
Não quer inimizades? Não crie desavenças.
Quer lealdade? Não minta.
Não quer dor? Não machuque.
Quer vencer? Reconheça. 
Hoje, você tem o mundo a seus pés. 
Amanhã, seus pés voltam ao chão. E sua ‘cara’ também.
Ontem, tinha amigos. Hoje, colegas. Amanhã, lembranças.
Ontem, era raiva. Hoje, indignação. Amanhã, desprezo.
Um dia você vai aprender. Um dia vai querer cuidar, um dia vai querer ter.
Um dia vai ser tarde demais. 
Um dia você não vai ter aquilo que sempre esteve ali para você.
Um dia as pessoas cansam de você. Do seu jeito cheio de vazios.
Um dia as pessoas desanimam e desistem de você. Desistem de ajudar quem é ingrato.
E então, neste dia, você vai aprender. 
Aprender a valorizar, a agradecer.
Neste dia você vai aprender, mas este buraco dentro de você vai continuar a crescer.
E aí, vai ser tarde demais. Você já estará sozinho. 
Sozinho até desaparecer, pois este vazio vai aumentar.
O vazio vai te engolir. O vazio vai te enlouquecer. 
Aí, não adianta tentar. 
Pessoas não voltam. Pessoas seguem em frente. Pessoas esquecem.
Sentimentos voltam. Sentimentos ficam. Sentimentos machucam.
Porém, o tempo não volta. O tempo segue.

Marina Messias