O mundo virou

“Esse mundo está virado”. Essa simples frase me fez pensar durante semanas. Pelo tom em que ela foi dita, pelo contexto em que ela se encaixava, comecei a pensar “por que o mundo está virado?”. 

O mundo virou quando o Feudalismo acabou? Ou o mundo virou quando a Revolução Francesa pedia Igualdade, Liberdade e Fraternidade? 

O mundo virou quando a Inquisição perseguia as “bruxas”? Ou o mundo virou com a Reforma Protestante? 

O mundo virou por causa da Revolução Industrial ou por que a Europa “descobriu” o Novo Mundo? 

O mundo virou porque as mulheres conseguiram o direito ao voto ou porque as pessoas começaram a entender que é preciso respeitar toda e qualquer diferença? 

Peraí, mas as pessoas ainda não aprenderam que é preciso respeitar toda e qualquer diferença. 

Realmente, o mundo está virado. E espero que continue virando. 

Marina Messias