No seu sorrir

Sorrir
Quando quiserem lhe chatear
Quando o único recurso 
Que puderem usar contra você
For o tão antigo 'mal falar'

Lutar
Sem jamais querer pisar
Mesmo que exista
Quem não consiga com você
Dialogar sem atacar

Acalmar
Ainda que queira explodir
Nos momentos tão desejados
Por aqueles que esperam ver
Sua paciência acabar

Atacar
Mas nunca alguém agredir
Pois quem precisa se vitimizar
Espera apenas o momento em que você
Não conseguir mais tudo suportar

Sorrir
Que você não perderá
E ninguém te tirará
O que de bom há dentro de si
Por mais que queiram destruir
Você sabe o bem que faz
Mente sã, coração em paz
Sua força está aí
No seu sorrir!

Leonardo Távora
(Palavras escolhidas ouvindo os sempre sábios versos do mestre Charles Chaplin, em 'Smile'. que a simplicidade e a força dos sorrisos possam aplacar aqueles que vivem do ranger de dentes, e da inescrupulosa vontade de obter a admiração dos seus pelo jugo do medo)