Uma nova fase

Tardes frias não mais!
Elas foram embora
Carregadas pelo furacão
Que você me apresentou
Quando para a minha vida
De novo, voltou.

Trouxe também
O movimento quente,
Doce e ardente
Que coloca tudo,
Desordenadamente,
Em seu devido lugar.

Foi você quem fez,
Em um estalar de dedos,
O mundo girar parado
Afastando meus medos
E os guardou no bolso
Bem longe de mim.

Experimento hoje
Antigas sensações,
Com os mesmos sabores
De esquecidas recordações
Que me lembram
Aqueles mesmos tempos.

Bons tempos! Não melhores
Que esta nova fase
Vívida, pulsante,
Transbordaste e abundante
De amor e paixão,
Que vivo aqui e agora.

Gustavo Dias