Sinal

Era estranho pedir sinais para descobrir se você me Amava ou não, e acabar recebendo respostas positivas.
Eu poderia até não conseguir enxergar a verdade, mas atrás das nuvens escuras que cegavam meus olhos algo me chamava, fazendo eu acreditar em tudo que eu pressentia.
No final, eu estava certa em todos os pontos de interrogação que se levantaram em minha mente.
Hoje eu consigo enxergar. Consigo ver também que você me Ama.
Levou algum tempo para a poeira baixar, para as nuvens deixarem de me cegar, para a ficha cair. E depois de tudo isso sumir eu finalmente consegui te ver. Consegui sentir na mesma proporção, tudo que você sentia por mim.
Eu vi que não Amava sozinha. Eu consegui ver os laços da reciprocidade nos unindo. 
Não existiam ali metades, pedaços ou restos. Era um copo cheio, transbordava, inundava, saía pelos olhos, lábios e mãos.
É explícito. Tanto que é aceitável e completamente compreensível. 
Hoje eu consigo entender, consigo sentir, aceitar. É Amor. E nem que eu quisesse, não existe meios de fugir disso. É melhor ficar. Eu esperei tanto para esse sentimento chegar. 
E graças aos céus, esse sentimento sai de ti e me puxa, me leva, me toma pra você.
Só e unicamente para você. Você. Sua. Só sua.

Andresa Alvez