Esses diálogos: Autoestima

- Ei...
- Que foi?
- Um milhão pelos seus pensamentos.
- Ah, eles não valem tanto!
- Pra mim valem sim... Tudo o que vem de você vale muito.
- Ah, tá!... Você fala isso só pra levantar o meu astral. Na verdade eu não valho tanto assim, nem pra você, e nem pra ninguém.
- Nossa, mas você tá realmente pra baixo hoje... Se quiser desabafar...
- Deixa pra lá! Eu não quero te atormentar com os meus problemas. São meus, e sou eu quem deve resolvê-los.
- Sim, são seus problemas, e nem é minha intenção resolve-los pra você. É que uma vez eu ouvi dizerem que duas cabeças pensam melhor que uma. Só acho que posso ser essa segunda cabeça que vem pra clarear as suas ideias.
- Ah, minha vida é horrível. Eu só erro. Ninguém me elogia. Só levo pedradas em tudo o que faço ou digo. Eu tô com medo de ser um fracasso total, de não conseguir ser quem eu tanto sonhei.
- Ué, mas a primeira pessoa que está te esculachando é você! Olha bem como você se definiu. Você usa de palavras duras pra se enxergar. Como você quer que as pessoas te respeitem se não trata de ser a primeira pessoa a fazer isso?
- É que eu cansei de dar cabeçadas na vida. Eu só queria fazer bem alguma coisa, mas tudo o que eu recebo é não, não, não! É duro, sabia?
- Eu entendo. Mas mudar isso só depende de você.
- Ah, é... Escuta aqui, se dependesse só de mim, meus sonhos já estariam realizados, ok! Não preciso das palavras de um livro de autoajuda...
- Será que não? O que será que acontece se você resolver impor uma visão mais otimista quando você falar de si?
- Ilusão... Só isso...
- Olha, eu não sou ninguém pra te pedir algo. Mas, se tudo o que eu to te falando aqui fizer sentido, quero que você me prometa que vai tentar.
- Mas, e se der errado?
- Se der errado, você não vai perder nada, já que não tem estima por você. Eu sei que estou sendo duro, mas é que eu preciso dizer isso. Você não gosta de si, e se não der certo, apenas você vai continuar não gostando de si. Mas, se der certo, sua vida vai mudar completamente, porque aí sim você vai conseguir ser quem sempre sonhou.
- Em resumo...
- Em resumo, você não tem nada a perder.
- Você faz as coisas parecerem mais fáceis do que elas são. A vida não é assim tão simples. Se eu não conseguir, eu me mato.
- Se você continuar nesse caminho que está, também vai ter esse fim.
- Ai... Nossa...
- Desculpa... Peguei pesado demais.
- Não... Acho que você pode ter razão.
- Sério? Então tenta. Por favor? Eu te ajudo.
- Ok, ok! Eu vou tentar. Mas sozinha eu não vou conseguir vencer meu medo. Você me ajuda mesmo?
- Soldado de prontidão pra entrar no combate.
- heheheheh...
- Olha, que legal, consegui arrancar um sorriso desse rosto lindo.
- Nem tão lindo assim...
- Você me prometeu! Comece agora?!
- Táá... Desculpa. Meu rosto, também, não é tão feio assim.
- Assim que eu gosto...
- Você faz isso com todo mundo?
- Não... Só com quem eu tô amando...