Fazendo poesias: "Codinome"

Em segredo eu guardei seu nome
E para você criei um codinome
Como uma máscara que nos esconde
Do perigo que vem, não sei de onde

Perigo?
Sem risco!
Pois te esconder nem era preciso
Na verdade eu queria era gritar tudo isso

Como se protege o que se ama
Eu quis defender deste ilusório panorama
E eu até bolei um belo esquema
Pra que nada conseguisse abalar essa sua fama

Se por acaso eu errei
Um preço eu sei que paguei
O seu amor fora eu joguei
Nesta brincadeira eu dancei

Eu quero muito algum dia
Poder contar que havia
Alguém que muito feliz me fazia
E que com ninguém dividir eu queria

Então eu escondi o seu nome
No nosso secreto codinome