Sentido

A boca traduz
A boca induz
A boca reduz
A boca seduz
... Ah, mas feche sua boca

O ouvido revela
O ouvido desvela
O ouvido destapa
O ouvido despista
... Então pare de ouvir

O nariz reconhece
O nariz percebe
O nariz apreende
O nariz recebe
... Mas nada de meter o nariz

O tato evidencia
O tato avalia
O tato investiga
O tato instiga
... Ora, deixe de tanto tatear

O olhar guarda
O olhar orienta
O olhar interpreta
O olhar descortina
... Pois passe a não mais ver

Não sinta
Não pense
Não vá
Não ame

Não...
Não!

Pois o mundo só quer que você siga
As pessoas só esperam que você seja
Mas apenas o que elas desejam
E tente fazer diferente
Ouse pensar por si mesmo
Procure seguir mais as suas ideias

Se nadar contra a corrente despertar a ira do cardume
Lembre-se que a vida renasce pra quem ela não se resume

Leonardo Távora