Críticas de um adolescente: "Interestelar"

Vou ser bem rápido hoje. Acho que isso se deve ao fato de este filme ser bem simples de se explicar ao publico-alvo. Agradecimentos ao meu técnico de Marketing que me dá essa visão das coisas. Bem, você gosta de física? 
Provavelmente disse não. Se a pergunta fosse simples assim eu também responderia não na hora, afinal, até hoje não sei para que usarei F=K.Q1.Q2/d² (Força de interação entre elétrons). Mas para a sorte da continuidade deste texto, a pergunta não e tão simples assim! 
A pergunta correta seria "você gosta de física teórica aplicada em coisas universais como tempo e espaço?" ou, simplificando para os leigos, "você gosta de brincadeiras com tempo aonde ele passa mais rápido ou mais devagar que o normal e etc?". 
Se você respondeu sim a esta pergunta, bem, olá público-alvo do filme em questão. Bem vindo a esta critica sobre ele. Continue a ler para decidir em correr ou não ao cinema para vê-lo! Se você disser não, bem, continue mesmo assim. Talvez eu te empolgue!!!
O filme se passa em uma terra alguns anos a frente de nós. A poluição e o gasto excessivo levaram a humanidade a uma crise alimentícia. Pragas infestam as plantações, e os seres humanos lutam cada vez mais para sobreviver. Nisso, temos um ex-piloto espacial americano que atualmente, por causa da crise alimentícia, é fazendeiro, como quase toda a população. 
Bem, basicamente ele acaba, por causa de um acidente do destino, sendo selecionado para ir ao espaço em busca de novos planetas onde a humanidade pudesse sobrevier. E nisso ele passa por várias aventuras na teoria de relatividade de Einstein, desde o básico, como ir a planetas em que 1h equivalem a 7 anos, até entrar no horizonte de eventos.
Há um tom de romance na trama, pois o piloto deixou uma filha na terra e espera reencontrá-la, ou seja, eu acho que até mesmo é possível chorar durante o filme em algumas cenas. Terminando o texto, eu tenho uma última coisa a dizer para precavê-los de imprevistos. Se programem bem, pois o filme dura 3 - Sim! Eu disse 3 HORAS!!! - E acreditem: Se em 3 horas eu não enjoei, bem ele é bom.  
Obrigado pela atenção.

Victor Nunes