As belezas pela internet: "Certo Alguém"

Este mês tenho o prazer e a honra de trazer mais um texto da competente e talentosa Andresa Alvez. Uma autora com grande qualidade, que tem o poder de encantar não apenas com o que diz em suas construções Literárias, mas muito com o modo como estas coisas são colocadas no papel. Pois falar de sentimentos é algo relativamente fácil, mas só se transforma qualquer sentimento em poesia com a escolha certa das palavras, que inclusive produzem certa entonação quando o leitor se atém à leitura. Quem conhece Andresa de modo mais aprofundado sabe do quanto esta menina consegue fascinar com seu olhar ou com seu sorriso. O legal é que isso é passado para seus textos, cheios de ternura e encantamento.
A partir deste mês, o Literatura Exposta passará a ter três postagens semanais, às segundas, quartas e sextas. E a Andresa Alvez será responsável pelas sextas. Para mim é um grande prazer poder contar com a singeleza de suas obras, e turbilhão de sentimentos que ela transmite a cada frase. São textos que inspiram, encantam, e nos fazem pensar. Estou feliz também de ver o blog crescendo, com a chegada de mais um membro na equipe. Tenho certeza de que a qualidade não só será preservada, como aumentada ainda mais com a presença dela em nosso time.
Boa leitura!


Certo Alguém
Por Andresa Alvez
Alguém me ensinou a sonhar. A pensar grande, a correr atrás de tudo que eu quero.
Alguém encontrou o meu potencial; potencial esse que eu nem sabia que existia dentro de mim. Alguém me amou de tal forma que, não importava a distância, com uma simples lembrança, ou com o som daquela doce voz, eu me sentia envolvida.
Alguém teve paciência comigo, em me explicar, em me ouvir, em me ensinar.
Alguém cantou pra afastar meus medos, minhas tristezas. Alguém segurou minha mão. Alguém me protegeu.
Eu esperei a minha vida toda por alguém assim. Alguém que completasse essa parte de mim, que ninguém conseguia se encaixar. Alguém que preenchesse esse vazio.
Eu lutei, esperei, decepcionei, esperei de novo. Vou ser sincera em dizer que eu já estava bem cansada disso tudo; estava cansada de me machucar.
Muitas vezes pensei em desistir de procurar, ou então, desistir de tudo mesmo. E acredite, eu cheguei bem perto de fazer isso.
Até que, como por um milagre, você apareceu. Era visível nossa semelhança em gostos musicais, a nossa euforia, a nossa felicidade. Fomos tachados como exagerados, infantis por alguns; porém, para nós dois, isso pouco importava. Desde o primeiro toque, o primeiro sorriso, eu senti que era pra sempre. Desde o momento em que você sorriu pra mim, eu tive plena certeza que você não seria mais um. No fundo eu sabia que você trazia algo consigo, eu ainda não sabia o que era, mas uma hora, isso iria aparecer.
Os anos se passaram, e ao invés de seguir as leis da vida, não enjoamos um do outro. Muito pelo contrário, a vontade de permanecer juntos era maior que qualquer coisa. Passamos por momentos inesquecíveis.
Ao seu lado, eu vivi coisas que jamais imaginei. Com você, eu tive certeza que a felicidade existia, e essa felicidade tem nome...
A notícia de que você iria embora chegou desde cedo, mas quando eu me despedi de você, foi aí que tudo realmente começou a fazer sentido. Me dei conta de que você não estaria mais aqui, que os dias não seriam como antes. Que quando uma piada surgisse, você não estaria perto para ouvir. Que quando eu cantasse muito bem, ou desafinasse de uma maneira horrível, eu não poderia olhar para aqueles olhos compreensivos que teriam paciência em me ensinar ou dar um simples elogio.
Vou ser sincera, cada dia sem você foi realmente doloroso. Não estou sendo exagerada, estou sendo verdadeira. Nada doeu mais do que a tua falta. Nada foi mais estranho do que, a todo custo, precisar de você, mas ter que ser realista e saber que não estavas mais por perto.
Você habitava aqui comigo, sempre no meu coração, porém, seus braços que eram meu refúgio, estavam longe de mim.
A notícia de sua volta chegou como um choque. Totalmente inesperado, ainda mais, levando em conta os motivos. Eu queria poder ter estado ao seu lado, ter ido ficar perto quando você mais precisou de mim...
Os motivos de seu regresso até poderiam trazer certa tristeza, mas, saber que estavas aqui, saber que você voltaria para ficar me trazia paz.
Às vezes, a Vida faz um percurso estranho. Passamos por caminhos sinuosos, sentimos medo.
O destino parece tão incerto! Clamamos aos Céus, mas esse parece não nos ouvir... Baixamos os braços, nos entregamos e deixamos tudo seguir como deve ser. E aí, tudo parece funcionar.
Não vamos ser hipócritas, não é fácil dizer “tudo bem destino, faça o que deve ser feito”. Somos humanos, queremos tudo na hora, e do nosso jeito. Mas, quantas vezes teremos que levar na cara para aprender que não é assim?
Eu passei por caminhos horríveis, tristes, e creio que esse alguém também, mas no final, o que era pra acontecer, enfim aconteceu: A gente se encontrou. E esse certo alguém, agora, ocupa toda a minha Vida com sua voz, seu Amor, e suas sete letras.